Titular

Robson de Braga Castelo Branco

O titular do Segundo Serviço Público Delegado Notarial e de Registros do município de Baturité, do Estado do Ceará, é bacharel em Direito, turma de 1994 da Universidade de Fortaleza – UNIFOR, bacharel em Administração, turma 2010 da Universidade Estadual Vale do Acarau – UVA, com curso de especialização em direito notarial e de registros, turma 2011, da Pontifícia Universidade Católica - PUC Minas. Assumiu referidos serviços em data de 3 de dezembro de 2002, 32 anos após seu pai ter perdido o cargo de substituto em exercício, em face da nomeação de novo titular.

Iniciou nas lides cartorárias, mesmo antes de nascer, pois, seus pais Luis Castelo Branco dos Santos (Substituto em exercício) e Antonia Ivoneida Braga Castelo Branco (Escrevente), trabalhavam e moravam no mesmo prédio, no qual veio a nascer no ano de 1957. Muito pequeno começou a carimbar firmas, autenticações e outros papéis, assistido por seus pais, depois, dando buscas e fazendo alguns serviços em máquina de escrever (é o novo!), principalmente notificações de protesto. No ano de 1974, teve de deixar Baturité indo estudar em Fortaleza, onde seu pai conseguiu lhe colocar como auxiliar na Sexta Notaria da Capital.

No mesmo ano de 1974, seu pai, voltava as atividades, desta vez não mais como substituto e sim, como titular do Cartório do Segundo Ofício de Registro de Imóveis do município de Senador Pompeu. Por conseguinte, no ano de 1977, por concurso de habilitação para escrevente, foi nomeado Escrevente Compromissado e Autorizado da respectiva Sexta Notaria, nela ficando até o ano de 1979, quando foi removido para o Cartório de Senador Pompeu e nomeado seu Substituto em 5 de fevereiro de 1980.

Como Substituto à época, aprendeu por necessidade, os serviços de escrivania cível, criminal e trabalhista, bem como, iniciou o aprimoramento dos serviços notariais e de Registros. Por diversas ocasiões, assumiu o exercício da titularidade, quando o titular se ausentava para prestar assessorias às Prefeituras de Aracoiaba e Baturité, assumindo, também, a escrivania eleitoral. Pela Lei Municipal de Nº 81, de 13 de outubro de 1988, recebeu o título de Cidadão Senadorpompeuense, pelos relevantes serviços prestados à terra e a seu povo.

No ano de 1990 seu pai com 48 anos, 137 dias de serviço e 57 de idade, o titular do Segundo Cartório de Senador Pompeu, foi removido para prestar serviços no Oriente Eterno, deixando vaga a Serventia. Por sua vez, ingressou com pedidos e mais pedidos de efetivação, não logrando êxito. Em 1991 foi lançado edital de abertura para concurso daquele que era o seu Cartório, sendo para ele, quase que o fim do mundo. Muitos candidatos inscritos, tudo bem. Fez o concurso e com o aprendizado adquirido de seu pai e, os próprios conhecimentos, logrou o 1º lugar assumindo a titularidade no dia 6 de junho de 1992.

De lá para cá, não parou mais, tem participado de Congressos, Simpósios, Reuniões e outros promovidos pela ANOREG BR, ANOREG CE, COLÉGIO NOTARIAL DO BRASIL, IRTDPJ CE, IEPTB CE, IRIB, CINDER que, acontecem na cidade de Fortaleza e no interior do Ceará. Conta hoje com 45 anos e 37 dias de serviços homologados pelo TJ CE., e 56 de idade.

No aprimorar dos conhecimentos inerentes ao exercício de seu mister, afora os da própria profissão, procura com muita urbanidade, dar a seus clientes parceiros os atendimentos que cada um merece e, como aprendera em seus relacionamentos com os muitos amigos e colegas Notários e Registradores, Advogados, Promotores e Procuradores de justiça, Magistrados e Desembargadores, procura fazer de seu dia de hoje melhor do que o de ontem e menos do que o de amanhã dedicados a cada um de seus clientes parceiros. Pela Lei Municipal Nº 1.253, de 8 de abril de 2005 e certificado datado de 4 de setembro de 2005, recebeu o título de cidadão baturiteense, pelos relevantes serviços prestados à terra e a seu povo.

Profere palestras em Escolas e Clubes de Serviços sempre que solicitado, mostrando as vantagens de se ter uma assessoria notarial gratuita e sempre presente, bem como um Registrador que tira todas as dúvidas e dá as seguranças necessárias às transações realizadas.

Por amor à sua terra, para a qual voltou depois de 30 anos de ausência sempre presente, denominou o seu serviço de CARTÓRIO BATURITÉ – Parceiro da Sociedade. Atualmente, é Presidente do COLÉGIO NOTARIAL DO BRASIL – SEÇÃO DO CEARÁ e, Diretor de Notas do Interior da ANOREG CE. O seu grande objetivo é hoje, procurar, como profissional do direito, dar a sua função de Notário e Registrador, a importância que a ela cabe, não para ter importância, más, para, dentro de seus conhecimentos, fazer importantes todos aqueles que de seus serviços venham a precisar, pois deles sairão com segurança, eficácia e tranqüilidade.

"VIDA LONGA AOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO BRASIL"